Veja como funciona cada serviço de TV na internet disponível no Brasil

20161215121656703741e-1031448896-1510003306768.jpg

Principal concorrente mundial da Netflix, a Amazon Prime Video começou a funcionar ontem no Brasil. O serviço passa a operar em mais 199 países – número superior aos 190 alcançados pela já consolidada plataforma de streaming no país. A notícia foi celebrada por amantes de séries e filmes, sobretudo devido à projeção mundial da Amazon, ao lançamento de seriados originais nos últimos três anos e à consagração do grupo em premiações no segmento televisivo, como o Globo de Ouro e Emmy Awards.

No primeiro dia de funcionamento, não faltaram comparações com a Netflix. Apesar da longa espera, o serviço de streaming da Amazon apresenta alguns problemas evidentes. Além da interface de navegação pouco intuitiva e da grave ausência de legendas e áudio em português em alguns títulos, a esperança de um catálogo com filmes e séries mais recentes, alvo de críticas de assinantes da Netflix, foi por água abaixo. A limitação de conteúdo ofertado é uma das principais frustrações até então.

Nem todas as séries originais da plataforma estão disponíveis, apesar de já constarem no catálogo norte-americano. Crisis in six scenes, o primeiro seriado do cineasta Woody Allen para o serviço, só chegará no país em 2017, sem data definida. Outra ausência sentida é o piloto do seriado Sneaky Pete, produzido por Bryan Cranston (Breaking bad) e David Shore (House), que teve a encomenda da primeira temporada completa.

Como contraponto, o serviço apresenta séries atualizadas, como as duas primeiras temporadas de Mr Robot, estrelada por Rami Malek, e Community, cancelada pela NBC após a quinta temporada e recuperada pelo serviço de streaming do Yahoo, responsável pelo sexto ano. No Brasil, os dois seriados chegaram através de canais de TV paga – a primeira temporada de Mr Robot foi exibida pelo canal Space e Record. Community, pela Sony. Na onda de nostalgia, Seinfeld era uma ausência sentida no catálogo da Netflix, que foi solucionada pela Amazon.

Ao menos no Brasil, as comparações ainda são injustas. Além do catálogo da veterana ser superior, a Netflix está consolidada na América Latina e já desenvolve produções originais estrangeiras, incluindo a brasileira 3%. A popularidade de séries ficcionais como Transparent, Mozart in the jungle e The man in the high castle e do programa de automóveis The grand tour, uma das atrações mais pirateadas da atualidade, deve ser o grande atrativo para assinantes da Amazon. Os três primeiros episódios de The grand tour acumularam 7,9 milhões, 6,4 milhões e 4,6 milhões de downloads ilegais, respectivamente, de acordo com o site Daily Mail.

Para conhecer o serviço, a Amazon disponibiliza uma oferta de sete dias gratuitos, assinatura nos seis primeiros meses de US$ 2,99 (R$ 10). Posteriormente, a mensalidade sobe para US$ 5,99 (R$ 19,90, o mesmo valor cobrado pela principal concorrente). Assim como a Netflix, também é possível fazer download de alguns títulos para assistir offline. A Amazon Prime Video está disponível para smartphones e tablets Android e iOS e alguns modelos de TVs LG e Samsung.

Serviços de streaming no Brasil

Netflix
Mensalidade: a partir de R$ 19,90
Assim como a Amazon, a Netflix não divulga números de títulos ou filmes disponíveis, tampouco a audiência das produções. O serviço possui catálogo extenso com mais de 125 horas de filme e 86 milhões de assinantes em 190 países. Entre os títulos originais de sucesso, estão The crown, Stranger things, House of cards e Orange is the new black.

HBO GO
Mensalidade: R$ 34,90
O lançamento do serviço de streaming do canal responsável por produções como Game of thrones e Westworld começou de forma tímida no Brasil. Lançada no dia 7 de dezembro em parceria com a operadora Oi, a plataforma ainda não está disponível em Pernambuco e só funciona no Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, na Bahia e no Distrito Federal.

Looke
Mensalidade: a partir de R$ 18,00
O serviço de streaming possui parcerias com o SescTV e a BBC Worldwide. O catálogo contempla séries como Sherlock, Orphan black, além de clássicos como Top gear e Doctor who. A plataforma também oferece títulos de filmes no catálogo para locação, assim como funciona o Net Now.

Crackle
Mensalidade: Gratuita
O serviço de streaming da Sony foi relançado em parceria com a operadora Oi. No catálogo, Secrets & lies, Criminal minds, American crime, Hannibal e Nashville são alguns dos títulos disponíveis, além de filmes como Thor, Malévola, Homem-Aranha.

Globo Play
Mensalidade: R$ 12,90
O serviço de streaming da Globo contempla novelas, minisséries, programas de variedades e jornais da emissora. No catálogo, a empresa antecipa conteúdos como séries e minisséries antes do lançamento na televisão. Entre eles, Supermax e Nada será como antes.

[Total: 0    Média: 0/5]